Desigualdade e adiamento do Censo desafiam políticas públicas no pós-covid

Economistas avaliam impactos da pandemia em diversos setores, em especial na educação, na qual o retrocesso é nítido. Eles lamentam a decisão do governo de adiar o Censo, instrumento fundamental para a elaboração de políticas públicas


Após o término da contagem, você será redirecionado para uma página fora do nosso site!
Não somos os responsáveis pelo conteúdo da página, apenas encurtamos o link original.